A Nossa Herança

Trabalhamos, cada dia, com dois objetivos fundamentais: partilhar um excelente café com amigos e tornar o mundo em algo um pouco melhor. Aplicámos estes propósitos na primeira loja Starbucks, em 1971, e continuamos a segui-los hoje em dia.

First Starbucks Store Menu Image

Nessa altura, a empresa era constituída por uma única loja no histórico mercado Pike Place de Seattle. A partir de uma montra estreita, a Starbucks dispunha de alguns Cafés em grão, acabados de torrar de enorme qualidade. O nome, inspirado em Moby Dick, evocava o romantismo do mar alto e da tradição marítima dos primeiros comerciantes de café.

Em 1981, Howard Schultz (presidente e CEO da Starbucks) entrou, pela primeira vez, numa loja Starbucks. Desde a primeira chávena de Sumatra, que Howard se sentiu atraído pela Starbucks, tendo ingressado na empresa um ano depois.

Um ano mais tarde, em 1983, Howard viajou até Itália e ficou fascinado pelos cafés italianos e pelo romantismo da experiência proporcionada pelos cafés. Apercebeu-se então do enorme potencial do tradicional “Café” italiano se aplicado nos Estados Unidos da América. Um local para conversar e a sensação única de pertença. Um terceiro lugar, entre o trabalho e a casa. H. Schultz deixou então a Starbucks, por um curto período de tempo para se dedicar às suas próprias coffeehouses Il Giornale e regressou em Agosto de 1987 para adquirir a Starbucks com a ajuda de investidores locais.

Logo ,desde o início, a Starbucks soube diferenciar-se. Não só celebrava o café tradicional, e a bebida café, como a fantástica sensação de pertença, de acolhimento.

A nossa missão consiste em inspirar e alimentar o espírito humano – uma pessoa, uma chávena, uma comunidade de cada vez.

Atualmente, dispondo de mais de 15.000 lojas em 50 países, a Starbucks é a principal empresa de torrefação e venda de cafés (únicos) a nível mundial. Além disso, em cada chávena procuramos servir a nossa herança e uma extraordinária experiência de vida.