Apoio aos produtores e Respetivas Comunidades

O café comercializado com ética e cultivado de forma responsável implica a colaboração com os produtores na respetiva produção, de modo a ajudá-los a obter benefícios a nível comercial, comunitário e ambiental.

Temos consciência de que o nosso sucesso a longo prazo, está associado ao sucesso de milhares de produtores que cultivam o nosso café. É por este motivo, que trabalhamos no terreno junto dos produtores para ajudar a melhorar a qualidade do café e investimos em programas de empréstimo direcionados para as comunidades de cultivo de café. Não é apenas a atitude certa, é a atitude certa para a nossa empresa. Ao ajudarmos à sustentabilidade dos produtores de café e consolidação das respetivas comunidades, garantimos um abastecimento sustentável de café de elevada qualidade no futuro.

O Nosso Objetivo

Pretendemos aumentar o compromisso de empréstimo aos produtores para 20 milhões de dólares, até 2015 e fornecer aos mesmos, incentivos para reduzirem o impacto ambiental da produção de café.

O que temos feito

Centros de Apoio (Farmer Support Centers)

A Starbucks criou Centros de Apoio aos produtores na Costa Rica e no Ruanda, de modo a fornecer-lhes 
locais, recursos e experiência para ajudar a reduzir os custos de produção, reduzir as infeções por fungos, melhorar a qualidade do café e aumentar a produção de café de elevada qualidade.

Programa de empréstimos

Durante os ciclos de cultivo e colheita, muitos produtores recorrem às suas modestas economias para fazer face às despesas acumuladas enquanto a produção não é vendida. Alguns produtores poderão mesmo enfrentar um défice de caixa, forçando-os a vender a respetiva produção antecipadamente – e por menor valor – aos compradores locais.

A Starbucks disponibiliza financiamento às organizações que efetuam empréstimos aos produtores de café, o que lhes permitirá vender a respetiva produção no momento ideal, com o preço ideal. Os empréstimos ajudam os produtores a investir nas respetivas terras e a efetuar aumentos de capital. Com o decorrer dos anos, aplicámos mais de 15 milhões de dólares numa variedade de fundos para empréstimo destinados a produtores.